Parque Estadual de Vila Velha

Para entrar no Parque será necessário o acompanhamento do guia de turismo, ingresso do Parque a parte. As Segundas, quartas e quintas-feira os passeios devem ser agendados com antecedência ou ao chegar no local o porteiro entra em contato com os guias. Valores do guia em dias de semana diferentes do atendimento normal que ocorre nas Sextas, sábados e domingos com custo do guia para acompanhamento de R$10,00 por visitante. 

 Grupos maiores de 15 pessoas devem agendar a visita com 10 dias de antecedência pelo e-mail: pevilavelha@iap.pr.gov.br.

Considerado o principal atrativo Natural de ponta Grossa, esta Unidade de Conservação é composta por três principais atrações: Arenitos, que são formações rochosas que apresentam formas variadas, como: a taça, o camelo, entre outras; Furnas, que se caracterizam por grandes crateras com vegetação exuberante e água no seu interior (lençol subterrâneo) e Lagoa Dourada que possui este nome porque as suas águas ficam com uma coloração dourada quando reflete a luz do Sol ao entardecer.

Atrações a parte dentro do Parque Estadual de Vila Velha:

- Trilha da Fortaleza (de 16 km), passeio que ocorre uma vez por mês.

- Caminhada Noturna - R$25,00. (Fernanda - (42) 99955-3503

- Cicloturismo, geralmente ocorre uma vez por mês.

O Parque Estadual de Vila Velha foi criado em 1953 para preservar as formações de arenito e os campos nativos do Paraná. Tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Estadual em 1966, tem mais de três mil hectares.Entre a fauna presente no parque, já foram encontradas muitas espécies endêmicas e ameaçada de extinção, como o lobo-guará, bugio-ruivo, tamanduá-bandeira, jaguatirica e aves como a águia-cinzenta, papagaio-de-peito-roxo, galito, caminheiro-grande e noivinha-de-rabo-preto. Também há quatis, gatos-do-mato, cachorros-do-mato, iraras, furão, catetos, veados, tatus, pica-paus, pombas, perdizes, tamanduás-bandeira e mirins, diversos tipos de aves, entre outros.

O Parque Estadual de Vila Velha, que durante os anos de 2002 e 2004 esteve em processo de revitalização, teve algumas de suas áreas recuperadas. Todos os passeios são feitos por trilhas e acompanhados de guias do próprio parque.

A responsabilidade administrativa do parque é do IAP (Instituto Ambiental do Paraná).
O acesso se dá pela rodovia BR 376 (Ponta Grossa -Curitiba), Km 28 a partir de Ponta Grossa, saída pela Av. Visconde de Mauá ( Oficinas) ou Av. Visconde de Taunay (Ronda).

Alimentação:
Há lanchonete no local, restaurantes próximos ao Parque (à 3km)  e local que pode ser utilizado para piquenique.

Estrutura:
Há centro de visitantes, banheiros, estacionamento e loja de souveniers.

Para uma visitação tranquila, sugerimos que chegue cedo no Parque (principalmente  em feriados) para garantir os ingressos, lembrando sempre que a capacidade de carga é de 800 pessoas por dia. Pode ser que você pegue fila para fazer o check-in e para os atrativos, mas lembre-se paciência, empatia e respeito são fundamentais, até porque, um dos objetivos da visitação nas Unidades de Conservação do Estado é a promoção do bem estar dos visitantes, evitando aborrecimentos e desconfortos.
MANTENHA-SE SEMPRE NAS TRILHAS INDICADAS. Utilize um calçado confortável, próprio para caminhadas, leve água, protetor solar, repelente e um aparelho fotográfico. Lembre-se também de levar todo o resíduo produzido contigo na hora de ir embora, zelando por nossa Unidade de Conservação e garantindo a manutenção do ambiente para futuras visitações. Ah, e quando for embora do Parque leve apenas as lembranças e as fotografias que você tirou.

Observação: * Transporte coletivo para o Parque Estadual de Vila Velha no Terminal de Oficinas pela LINHA VILA VELHA. Para acesso ao Terminal de Oficinas pode-se pegar a Linha T. Central/ Oficinas no Terminal Central.

Horário de Visitação: 8h30 às 15h30 de quarta à segunda. A permanência no local é permitida até as 17h30.
* Fechado às terças-feiras para manutenção.
O Parque fecha ao atingir a capacidade máxima (800 pessoas por dia) ou 15h30.

Nos finais de semana, o ônibus para Furnas e Lagoa Dourada saem as 9h30, 11h, 13h30, 15h30 - As VAGAS são LIMITADAS.

Entrada:
- R$ 18,00 (Furnas, Arenitos e Lagoa Dourada)
- R$ 8,00 (Furnas e Lagoa Dourada)
- R$ 10,00 (Arenitos)

- Meia entrada: estudantes brasileiros mediante apresentação de carteirinha, funcionário público, doadores de sangue e moradores de Ponta Grossa com apresentação de comprovante de residência.

- Isentos: Menores de 6 anos e acima de 60 não pagam e portadores de necessidades especiais são ISENTOS DE TAXA DE ENTRADA.

Contato: Dias de semana (42) 3228-1138, das 13:30 - 17:30, e-mail ou facebook; finais de semana: e-mail ou facebook.

Facebookwww.facebook.com/parquevilavelha

Exibir mapa ampliado